O que vem depois do Natal?

moria-natal.jpg
Fotos: Carlos Rosillo

“Moria é o inferno dentro da Europa. Mais de 15.000 refugiados vivem neste campo, construído para 2.800 pessoas, muitas delas menores. As condições são extremas, seus habitantes são forçados a dormir em tendas e a fazer filas durante horas para comer, serem atendidos por um médico, tramitar seus documentos ou ir ao banheiro. Moria é o campo de refugiados mais populoso da Europa e onde colidem os interesses geopolíticos da Turquia, que abriga 3,6 milhões de refugiados sírios e os da Europa, focada em conter o fluxo de pessoas.” – CARLOS ROSILLO

Precisamos falar sobre Moria depois do Natal, por dois motivos fundamentais. Primeiramente, precisamos dizer que a vinda de Cristo não é apenas uma crença transcendental. Precisamos dizer que cremos que a vinda de Cristo é o início de um plano de redenção e livramento para este mundo. Precisamos dizer que ainda estamos vivendo este grande e longo plano de Deus, por isso ainda existem lugares como Moria, por isso ainda existe tanta dor, enfermidade, injustiça, violência e medo. Precisamos dizer, pois sem este entendimento, o Natal se torna lúdico, fictício, subjetivo e irrelevante. Em segundo lugar, precisamos dizer que depois do Natal, veio o sacrifício e a ressurreição e depois disso, nós, a Igreja de Cristo. Esta que reluta em entender e aceitar que deve ser embaixadora do Reino de Deus, com seu amor, com sua justiça, até que o Rei volte pra desfazer toda dor, todo medo e todos os Morias que nossa queda criou. Precisamos falar sobre o que o Natal fez, sobre o que ele não fez, sobre o que nós não fizemos e sobre o que ainda virá. Precisamos falar do Natal, pra quem pergunta: – E daí?

O que ainda não veio?
O que ainda não somos?
O que vem depois do Natal?

Fotos: Carlos Rosillo
Pra quem quer saber mais sobre Moria:
https://brasil.elpais.com/brasil/2019/11/26/album/1574779645_764828.html?fbclid=IwAR3LCRURCQQfD-QC4qvrcHCDMvJmkXXnfZGlsX9nss1PLst5lN5fR5kx-jc#foto_gal_13

Deixe uma resposta