Livro sim, revista não.

Há alguns dias, me perguntaram se sinto saudades de alguém. Prontamente respondi que não, mas a pergunta ficou à deriva, procurando uma resposta sincera. Sinto saudade daquelas pessoas que por alguns dias, horas ou até minutos, decidiram não fazer questão de si mesmas e me ouviram. Em tempos de astigmatismo social, onde apenas folheamos pessoas … Ler mais Livro sim, revista não.